Carrocinha em BH


Cerca de 150 animais são abatidos diariamente em BH,

O motivo: EXISTIREM

Sob o pretexto de prevenir zoonoses, a prefeitura de BH abate cerca de 150 animais diariamente sem que nenhum exame ou diagnóstico seja feito em qualquer um deles. A tortura que antes era praticada pela câmara de gás,agora é feita através da injeção letal.
A única vantagem dessa história é que agora não é preciso completar a matança com pauladas nem com pedras,como foi encontrado a um tempo atrás no Centro de Controle de Zoonozes(CCZ) da Prefeitura .
Os animais são abatidos simplesmente por existirem. Estima-se que 90% dos animais mortos pelo CCZ estejam saudáveis, isto é, não são portadores de doenças infecto - contagiosas que coloquem em risco a vida humana. Mata-se INDISCRIMINADAMENTE.

2 comentários:

LILICA disse...

Concordo com vc...
E issu devia acabar se em Sp não matam mais animais saudáveis aki tbm devia ser assim
meu e-mail:paulinhaeamigas@gmail.com
bj

Vivi disse...

é mesmo um absurdo o q fazem,se p/ evitarem as doenças é necessário matar,então teremos q começar a sacrificar os moradores de rua tb.Eh ilógico a desculpa q eles tem p/ o sacrificio desses bichinhos,a prefeitura deveria tomar uma atitude mais humana e ao inves de gastar tanto dinheiro sacrificando essses animais,investir na associação protetora dos animais,q ao invés de mata-los cuida e os entrega p/ adoção.